Alemdasaulas's Blog

Isto é uma espécie de portofolio ;P

Fóssil março 13, 2015

Filed under: Uncategorized — alemdasaulas @ 19:36
Tags: , , , ,

Fóssil (substantivo masculino): Todo e qualquer vestígio identificável, corpóreo ou de actividade orgânica, de organismos do passado, conservado em contextos geológicos, isto é, nas rochas ou mesmo em outros fósseis (do latim fossile < fossu, cavado, retirado do chão cavando).

N.B.- Não há limites cronológicos, temporais, mínimos para os fósseis. Um objecto biológico não se torna um fóssil apenas depois de um determinado número de milhares ou de milhões de anos enterrado… Não é a duração do enterramento que define o fóssil, mas sim a sua génese e o seu contexto presente. Se se trata de um objecto com origem biológica identificável (um dente, uma folha, uma pegada, um osso, etc.) e está, ou esteve, inserido num contexto geológico (enterrado em areia, petrificado, inserido numa rocha ou incluído no gelo de um glaciar, em âmbar ou em asfalto, etc.), então é um fóssil, independentemente do tempo decorrido desde o seu enterramento.

Por exemplo, neste preciso momento, em ambientes marinhos de pequena profundidade, ao longo de toda a costa portuguesa, estão a ser enterrados vestígios orgânicos (conchas, carapaças, etc.) por processos de geodinâmica externa. Ou seja, estão a formar-se os fósseis que daqui a uma dezena de milhões de anos terão 10 Ma de idade. Presentemente, esses vestígios fossilizados são extremamente recentes, têm muito pouco tempo de idade, mas o facto de serem restos orgânicos enterrados num contexto geológico torna-os, inequivocamente, fósseis. É a conjugação de duas realidades distintas, a biológica e a geológica, que define o fóssil. – ESTE ASPECTO não costuma ser discutido, mas deveria.

F1          f2

(…)

Tipos de fósseis

Somatofóssil: Fóssil de restos somáticos (isto é, do corpo) de organismos do passado. 

Por exemplo, são somatofósseis os fósseis (mineralizações, incarbonizações ou moldes) de dentes, de carapaças, de folhas, de conchas, de troncos, de ossos,… ou o corpo inteiro em casos excepcionais;

Icnofóssil: Fóssil de vestígios de actividade biológica de organismos do passado. Por exemplo, são icnofósseis os fósseis (mineralizações, incarbonizações ou moldes) de pegadas, de pistas de deslocação, de marcas de dentadas, de excrementos, de ovos, de túneis e de galerias de habitação, etc.

F3

Principais actividades produtoras de icnostruturas

F5

Deslocação

estruturas produzidas: pegadas, pistas, trilhos, etc.

 Alimentação

estruturas: marcas de dentadas, gastrólitos, coprólitos, etc.

Habitação

estruturas: galerias, tocas, túneis, etc.

Reprodução

estruturas: ovos, posturas, ninhos, etc

FONTES: 

http://paleoviva.fc.ul.pt/pdfdivulgpaleo/Guiaprofs01.pdf

http://webpages.fc.ul.pt/~cmsilva/Aulas/Aulaspag/Geofcul2.htm EXCELENTES materiais do Prof. Dr. Carlos Marques da Silva   

http://fossil.uc.pt/pags/fossil.dwt

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s